Ao invés de fazer sketchnotes em folhas A4, resolvi usar somente meu moleskin desta vez.
Como comentei neste post do Agile.pub, assisti poucas palestras, já que meu foco era a troca de experiência nos papos de corredor.
Logo após a abertura do evento, a Mariana Bravo e a Gabriela Guerra fizeram o primeiro Keynote:
O grande Caio Cestari, com uma presença de palco incrível, fez mais de 50 pessoas experimentarem o Agile Coaching Competency Framework, do Michael Spayd e da Lyssa Adkins:
No segundo dia, o Keynote da Sandy Mamoli, da Nomad8, explicou porque tantas pessoas querem trabalhar em empresas auto-organizadas, e porque a Spotify engineering culture está tão na hype :
O advogado de defesa Guilherme Motta e o promotor Raphael Molesim fizeram ao vivo o julgamento da TI Bimodal:
Molesim tirou sarro da TI Bimodal trazendo sarcasticamente o termo "Ágil Light", hehe:
E sabiamente citou Martin Fowler:
A Érica Briones provocou a galera trazendo dois assuntos delicados: religião e dinheiro, na Revolução Protestante Ágil.
O Rafael Caceres trouxe ótimos insights ao mostrar como o Fluxo Unificado funciona na Taller:
Juan Barnabo fez o último keynote, com mensagens impactantes e profundas:
Daniel Teixeira, também da K21, e eu tocamos um Open Space sobre mindfullnes no último dia de evento. O Cleiton Mafra tirou fotos das anotações que fiz em folhas de flipchart enquanto o Open Space rolava :)
Samuel e eu facilitamos um Open Space sobre retrospectivas no primeiro dia. Ao contrário de todo o conteúdo do Open Space, as anotações no flipchart não ficaram boas. Mas deixo aqui esta foto, só pra não passar batido... :)
Ano que vem o evento será em Belém do Pará! Nos vemos lá! :)

You may also like

Back to Top